PRIMAVERA EM PARIS POR ANGELA PEPE

Peônias, tulipas, narcisos, jacintos, margaridas, gérberas, lírios do vale, cerejeiras, glicínias. Sim, a primavera já brotou e Paris fica irresistível nessa época. Flanar vendo as flores de Paris é uma experiência para os cinco sentidos na primavera.

Após a estação fria, dias curtos com pouco sol, céu cinzento, as folhas verdes e pétalas coloridas voltam a tomar lugar na paisagem europeia. As equipes de Parques e Jardins não deixam passar um detalhe. Cada pedacinho de terra é cultivado como se fosse um filho.

O resultado, um bairro e pracinha mais fofo que outro. Algumas (sub)prefeituras até promovem concurso do jardim ou sacada mais florido. Nenhum morador quer ficar de fora. O esforço conjunto vira um colírio para os olhos e a alma de quem flana por aqui.

Só na cidade de Paris são 17 parques, duas florestas e centenas de praças e jardins. Sem falar dos jardins dos castelos, museus e muitas propriedades privadas onde a sofisticação paisagística nos encanta. Entre abril e junho em Paris é o momento ideal para os amantes de flores. Vale um roteiro temático só para apreciar a flora típica e abundante da estação.

E, lógico, se a caminhada abrir o apetite. A melhor forma de terminar (ou começar) o dia é fazer um pique-nique num dos belos jardins. Se não tiver a plaquinha “pelouse interdite” (grama proibida), fique à vontade para estender a toalha (nós emprestamos!) em um dos belos gramados recém aparados. Além das flores, a primavera também traz uma variedade de frutas e legumes frescos. Na sua cesta podemos colocar morangos, framboesas, cerejas, groselha, aspargos, rabanete. E, se quiser algo mais reforçado, incluiremos pães, queijos, enchidos, folhados, doces, sucos, vinho dos melhores produtores locais.

Fotos por Brasil Europa. Reprodução autorizada com crédito @beangelapepe

Colaboradora de Conteúdo:
Angela Pepe – Founder do Brasil & Americas -> Europa
www.brasil-europa.com
@brasil_americas_europa
+33 (0)6.17.91.66.65
Siret 789 188 133 00027

Deixe Seu Comentário!


Voltar ao topo