Turismo | Búzios

Turismo, Viagens

Oi gente…nossa nem preciso falar o quanto eu estava ansiosa para descer em Búzios durante o Chilli Beans Fashion Cruise, né? Só de respirar o ar do Rio de Janeiro já me encheu de felicidade!

Eu me apaixonei por Búzios gente…já estou doida para voltar. Que cidadezinha charmosa, cheia de casinhas com portas coloridas, várias barraquinhas vendendo artesanato, coco gelado…ah que delícia. Nós pegamos um táxi marítimo na Rua das Pedras e fomos passar o dia na Praia da Tartaruga. Amei porque o mar é sem onda e não tem a água gelada. Bom demais!

Fiz umas fotinhos para mostrar para vocês.

Olha o tamanho do MSC Splendida!!!

Olha o tamanho do MSC Splendida!!!

Look da Carola: vestido Pop Up Store, bolsa @carolarrigoni_bags, sandália Varal do Sapato, óculos Chilli Beans

Look da Carola: vestido Pop Up Store, bolsa @carolarrigoni_bags, sandália Varal do Sapato, óculos Chilli Beans

Bolsa Carol Arrigoni maravilhosa

Bolsa Carol Arrigoni maravilhosa

IMG_7127

Felicidade define

Felicidade define

Stellinha gelada para deixar minha praia mais gostosa

Stellinha gelada para deixar minha praia mais gostosa

Vida boa, né?

Vida boa, né?

Um dos dias mais deliciosos da vida!

Um dos dias mais deliciosos da vida!

E na volta ao navio um pôr do sol de tirar o fôlego

E na volta ao navio um pôr do sol de tirar o fôlego

Fala se não foi demais?

Carola Duarte nas redes sociais:

Me siga no Instagram: @blogcaroladuarte
Curta a Fan Page: /blogcaroladuarte
Se inscreva no canal no Youtube: /blogcaroladuarte
Twitter: caroladuarte
Snapchat: caroladuarte
Use as hastags: #projetosemmedodobiquini #blogcaroladuarte #dicadacarola
♥ Blogueira oficial do IT BLOGGERS (www.itbloggers.com.br)

Carola no Youtube | Vlog Projeto Tamar

Dica da Carola, Turismo

Encantada, essa palavra defini bem o que eu senti depois que saí do Projeto Tamar a Praia do Forte. Já conhecia das milhares de reportagens, mas vivenciar o cuidado e a preservação das tartarugas marinhas foi uma experiência incrível.

WP_20150427_16_20_51_Pro

Criado há 35 anos, o Projeto Tamar é uma cooperação entre o Centro Tamar/Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Fundação Pró-Tamar. A Fundação Pró-Tamar, é uma instituição privada sem fins lucrativos fundada em 1988 e considerada de Utilidade Pública Federal desde 1996.

O Tamar trabalha na pesquisa, proteção e manejo das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, todas ameaçadas de extinção: tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta), tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), tartaruga-verde (Chelonia mydas), tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) e tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea).

Reconhecido internacionalmente como uma das mais bem sucedidas experiências de conservação marinha do mundo, seu trabalho socioambiental, desenvolvido com as comunidades costeiras, serve de modelo para outros países. O Tamar protege cerca de 1.100 quilômetros de praias e está presente em 25 localidades, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas marinhas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina.

WP_20150427_15_28_04_Pro__highres
WP_20150427_15_46_21_Pro

Eu filmei tudinho para vocês e o vlog já está no canal no Youtube. Está super legal!

Um passeio imperdível para quem estiver ou na Praia do Forte ou em Imbassaí, onde fiquei que é bem pertinho! Vale a pena.

Visite: projetotamar.org.br
Curta: facebook.com/ProjetoTamar
Siga: twitter.com/_ProjetoTamar
Contato nacional: protamar@tamar.org.br

Carola Duarte nas redes sociais:

Me siga no Instagram: @blogcaroladuarte
Curtam a Fan Page: /blogcaroladuarte
Se inscreva no canal no Youtube: /blogcaroladuarte
Twitter: caroladuarte
Snapchat: caroladuarte
Usem as hastags: #projetosemmedodobiquini #blogcaroladuarte  #dicadacarola

Turismo: Sorvete finlandês e sauna finlandesa em Penedo

Publipost, Turismo

O Estado do Rio de Janeiro abriga destinos e pontos turísticos realmente maravilhosos, e um deles chama a atenção pelos aspectos bem peculiares que foram valorizados com o tempo, mas que nunca perderam sua essência. Estamos falando do distrito de Penedo, que recebeu importante influência dos imigrantes finlandeses, os mesmos que colonizaram a região. Além disso, as belezas naturais também são responsáveis por atrair turistas de várias cidades.

mapa-OK

Decorações e arquiteturas charmosas, costumes e programações especiais baseadas no país escandinavo são comuns por ali, e Penedo acaba sendo ainda mais procurado por esse diferencial. As tradições são as mais diversas, mas o destaque de hoje vai para duas específicas: as saunas e os sorvetes finlandeses.

A começar pela invenção finlandesa que é reconhecida e utilizada mundialmente há anos. As saunas, a vapor ou seca, sempre foram apreciadas por todos, já que garantem banhos relaxantes, além de serem consideradas verdadeiros rituais de saúde. No Brasil, os indícios da primeira sauna são de 1929 em Penedo, quando os pioneiros chegaram. A partir de então, começaram a estar presentes na maioria dos hotéis e pousadas da região.

Aliás, é comum a venda de acessórios para sauna, como baldes de madeira, conchas, essências, sabonetes, aquecedores de água e placas sinalizadoras em cerâmica. Secas, semi-úmidas (mais vendidas) e a vapor, cada sauna conta com uma função diferente, mas que costumam agradar bastante, sendo um diferencial bem requisitado por clientes na hora de escolher a hospedagem. Afinal, a viagem a Penedo não será completa sem o típico banho finlandês.

Outra tradição do distrito em homenagem aos colonizadores é a fabricação do Sorvete Finlandês. Tudo começou em 1992, quando uma família europeia desejou inovar na culinária. A qualidade do produto era excelente e as receitas foram se aprimorando com o tempo. Até hoje, o local, que fica localizado na Av. Finlândia, nº 259, é parada obrigatória para todos aqueles visitantes que são fãs da boa gastronomia.

sorvete-finlandes-penedo
sorvete-finlandes-penedo.q (1)

O toque típico da origem e história local desperta ainda mais a curiosidade, e o sabor não deixa a desejar. A marca principal é o azul e o branco, cores da bandeira finlandesa, e os sorvetes estão divididos em Premium, de Frutas e Lights. Entre os mais deliciosos estão o de banana crocante, capuccino, coco, creme, chantily ao rum, chocolate branco com brownie e chocolate (normal, choc chip – meio amargo – e com amêndoas). Para você que curtiu o post acesse http://www.roteirodeturismo.com.br/hoteis-e-pousadas/rio-de-janeiro/penedo/ e saiba mais informações sobre restaurantes e pousadas em Penedo situada no sul do Rio de Janeiro.

Carola Duarte nas redes sociais:

Me siga no Instagram: @blogcaroladuarte
Curtam a Fan Page: /blogcaroladuarte
Se inscreva no canal no Youtube: /blogcaroladuarte
Twitter: caroladuarte
Snapchat: caroladuarte
Usem as hastags: #projetosemmedodobiquini #blogcaroladuarte  #dicadacarola

Cervejas artesanais em Campos do Jordão

Gastronomia, Turismo

badenroteiro
A cidade de Campos do Jordão é procurada principalmente no inverno, pois traz belas arquiteturas européias e grandes montanhas. Além de o clima frio enaltecer a beleza das paisagens, também chama atenção para outro diferencial, típico de Campos: a cervejaria Baden Baden.
Sua história começa em 1999, onde quatro sócios apaixonados pela bebida focaram no sonho de criar um espaço adequado para produzir uma cerveja diferenciada. O nome foi inspirado em uma famosa cidade no sul da Alemanha, conhecida por ser o “coração” da cerveja mundial. O cremoso Chopp Red Ale foi o primeiro lançado. Em 2001, as receitas especiais já foram sendo criadas para os primeiros rótulos, chegando às prateleiras o trio Cristal, a doce Bock e a tradicional inglesa Stout.
Em 2004, um grande avanço. A Baden Baden é consolidada como a primeira cerveja gourmet do Brasil, onde a valorização da bebida fica no sabor, corpo e aroma, mas, principalmente, no prazer de fabricar as diferenciadas cervejas. A partir desse momento, os lançamentos não pararam, com edições especiais como a de inverno, a de verão, e muitas outras feitas para momentos importantes.
Hoje, a cervejaria Baden Baden já é uma marca da cerveja artesanal de Campos do Jordão, e uma das principais referências do interior paulista. As cervejas já ganharam diversos prêmios internacionais ao longo dos anos, com sua produção especial, que hoje chega a 10 tipos, sendo 6 da linha oficial, três sazonais e uma que é produzida exclusivamente para o Restaurante Baden Baden, localizado na Vila Capivari.
Aqueles que passarem por Campos do Jordão não podem deixar de visitar o local – não só os amantes de cerveja, mas todos aqueles que estão dispostos a conhecer a fabricação de uma boa e tradicional bebida da região. Durante o passeio na fábrica, é possível acompanhar os processos da produção artesanal da cerveja, além de aprender mais com as dicas para a compra, armazenamento e consumo da mesma.
Por fim, as pessoas ainda podem experimentar os chopes Cristal e Bock, finalizando o passeio com grande estilo. A visita deve ser agendada antecipadamente por telefone, para um melhor atendimento e organização, e o roteiro também inclui a possibilidade de adquirir as cervejas e acessórios exclusivos da loja da cervejaria Baden Baden, que possui uma das bebidas mais apreciadas do país.
baden-baden-roteiroBadenBadenroteiro
Para mais informações sobre bares, restaurantes e pousadas em Campos do Jordão acesse a página do Roteiro de Turismo AQUI . Para Chegar até Campos do Jordão siga pela Rodovia Dutra ou Ayrton Senna até a entrada para a Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), subindo a serra por 40 minutos até o portal de Campos do Jordão.  
*Texto colaborativo de Julio Marcello – Roteiro de Turismo

Dica de Turismo: Jamaica por Tati Dutra

Bem Estar

Olha só quem está de volta aqui no blog com mais uma dica de turismo. Eu amo as viagens da Tati Dutra porque fogem dos lugares comuns. Amo a sua contribuição aqui no Carola, viu querida!
O destino dessa vez é a terra do reggae e do gênio da música, Bob Marley. Tati e sua turma foram passar o carnaval na Jamaica!
Vou colocar na íntegra todas as dicas dela. Aproveitem porque o lugar é incrível!
Imagem1
Chegando na Jamaica
Fomos de Copa Airlines: é uma companhia aérea panamenha. Fizemos escala no Panamá e de lá pegamos um avião Copa Airlines até Montego Bay. Montego Bay para nós foi uma ótima localização. Porque? Ele ficava no centro e os 2 lugares que queria visitar ficavam a leste (Ocho Rios) e o outro oeste (Negril). Você pode alugar carro, ir de táxi ou alugar uma Van para fazer os passeios. Escolhemos a Van e foi o maior acerto da viagem, super segura, cabia 28 pessoas (só que estavamos em 6 pessoas). O motorista era sensacional e ajudou muito a gente e nos levou em lugares que só eles conhecem, além de dirigir super bem e podíamos beber sem preocupação. Abaixo o cartão do HOMAR,  o motorista.
Imagem2
Imagem3
O Hotel de Montego Bay
Ficamos no Holiday Inn Sunspree Resort – pelo que pagamos achei que  foi ok, mas nada demais. O que vale a pena é a vista, praia é maravilhosa, tem uma ilha na frente do Hotel que temos acesso, lugares incríveis para mergulhar. O hotel não é luxuoso e comida mais ou menos. Mas os restaurantes que reservam no Hotel são melhores que comer  no restaurante principal. O quarto é grande, todos tem varanda, é limpo (eles arrumam todos os dias), trocam todas as toalhas, tem elevadores para os 4 andares, tv, ar condicionado. O hotel é all inclusive, então bebida e comida é a vontade. Destaque para o sorvete de casquinha que é igual ao do Mc Donald. Tem academia e quadra de tênis com professor.
1

Esse restaurante é na cidade de Montego Bay – fica a 10 minutos e você faz a reserva no hotel e o pessoal do restaurante te pega e te traz de volta. Se tiver animado tem a opção de depois estender para a boate que fica dentro do restaurante. A comida é maravilhosa!

2

Ocho Rios
Ocho Rios fica a 1h e 20 minutos de Montego May. A estrada é linda cheia de natureza e passamos por vários vilarejos, inclusive passamos em frente a escola que o corredor Bolt  estudou. As cidades são bem simples e pouco povoados, mais ou menos 3 mil pessoas por Vilarejos. Em Ocho Rios, você encontra shoppings, feiras de artesanatos, restaurantes e vários passeios super legais. Fizemos a reserva de barco com a empresa que buscou a gente no aeroporto e já combinamos tudo com ela. Como os meninos amam pescar, reservamos um barco com tudo (motorista até Ocho Rios + levar em 1 passeio + barco+ marinheiros+ comida+ bebida) são 4 horas de duração e ficou U$600,00 total ( U$ 200,00 POR CASAL). A vista é maravilhosa em alto mar, mas para quem enjoa é ruim. Quando estamos voltando 6 golfinhos começaram a seguir o barco e pular atrás, foi incrível. Valeu a pena. Chegamos em terra e o motorista levou a gente para comer um peixe com legumes, estava uma delicia. Saímos de lá e fomos para Dunn´s River Falls………. PENSA EM UMA LUGAR MARAVILHOSO??? A vista, a cachoeira e o melhor de tudo é que todos podem escalar sem perigo a cachoeira. Recomendo levar uns sapatinhos próprios para andar em lugares com pedrinhas. Lá vende por 10 dólares.
3
Negril
Negril fica a  1h e 30 minutos de Montego Bay, a estrada é linda cheia de árvores e a cor do mar é maravilhosa. Você vai passando por vilarejos, são cidadezinhas bem pequenas com poucas ruas, nada de prédios e todos na beira da estrada. É bem agitado e com muita gente bonita. Acho que por ter vários bares e vários hotéis de frente para praia os turistas procuram Negril para se hospedar. As coisas não são muito baratas lá não pela quantidade de turistas. Nós fomos em 2 lugares em Negril. Na praia ficamos no Bar Marguerites com guarda-sol e cadeira para quem consome lá. As coisas no bar não são baratas, mas valeu a pena porque era muito gostoso com atividades na água, chuveiro e garçonete servindo na praia. Pagamos pela mordomia. E fomos também no Rick´s Café, que é sem noção de lindo! Lugar top, água maravilhosa. O ideal é ir para lá no final da tarde para ver o pôr do sol, considerado o mais lindo da Jamaica. É incrível e ao fundo, claro, o som de uma banda tocando Bob Marley. Foi sensacional.
4
Port Antônio
É bem longe de Montego Bay, mas vale muito cada minuto que passamos na van. Fora que não é sempre que se vai para a Jamaica, né? Então tem que aproveitar cada lugar! Fica 3 horas e pouco de carro. A estrada é linda, cheia de árvore, a vegetação é mais verde que as outras estradas que passamos. No caminho tem vários vilarejo, você passa dentro de alguns deles, mas todos têm indicação. Essa cidade ganhou fama graças ao ator Errol Flynn quando seu iate encalhou naquelas bandas e ele se apaixonou. Na beira das praias existem várias mansões construídas, mas a cidade em si não se desenvolveu. Em Port Antonio conhecemos 2 lugares maravilhosos: Blue Lagoon e Frenchman’s Cove.

Frenchman’s Cove: o valor para entrar varia de 20 a 30 dólares americanos por pessoa. É o lugar mais lindo que já fui. Cercado por 2 morros e muitas árvores com um rio transparente que deságua  no mar. A praia é privada e a vista do mar e do rio juntos é um cenário maravilhoso. Tem um restaurante de apoio, mas a comida não é das melhores.

IMG_3264

Blue Lagoon: onde foi gravado o filme “ Lagoa Azul”  interpretados por Brooke Shields e Christopher Atkins, nem preciso dizer nada. A lagoa é rodeada de árvores e montanhas. É tipo um circulo só que aberto uma parte que dá acesso ao mar. A cor da água é impressionante, é um azul turquesa meio verde. No local existe 2 tipos de locomoção para chegar do outro lado da lagoa: um é o barco e o outro a jangada. Os 2 transportes ficam em média 40 minutos e dão a volta na ilha do macaco e depois fica um tempo na lagoa para mergulho. Tudo depende muito do tempo, se está sol ou se está tempo nublado. No nosso caso o tempo não estava muito bom e por isso não conseguimos ver o fundo.
56
Antes de viajar busquei referências nesse blog e me ajudou muito: http://www.viajarpelomundo.com/2013/03/o-melhor-da-jamaica.html
Demais, hein gente! Já quero ir para a Jamaica! Mais uma vez obrigada querida!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Carola no Instagram

Nenhuma foto encontrada no momento...