Gastronomia | Receita de manteiga vegana

Gastronomia, Gastronomia Saudável, Receitas Veganas, Receitas Vegetarianas

Desde que virei ovolactovegetariana (sabiam que os vegetarianos são classificados em 4 grupos?) tenho pensado em algumas coisas. Por exemplo: o que adianta eu não comer nada de carne se continuo consumindo os derivados? A crueldade na indústria pecuária não está só na carne. Sinto que estou pronta para dar mais um passo, porém preciso me organizar porque, com certeza, será a parte mais difícil!

Uma das coisas que fiquei pensando foi no pãozinho quente de manhã com uma manteiga…e claro que, criativos como os veganos são, achei várias receitas de manteiga vegana.

Vou compartilhar com você algumas delas. Todas elas são do site Cultura Veg.

manteiga de azeite

Em primeiro lugar, a mais fácil de se fazer e a mais parecida com a manteiga do pãozinho da tarde. Para fazer a manteiga de azeite, você vai precisar de sal, temperos a gosto e azeite. Misture todos os ingredientes em um pote de vidro e coloque o conteúdo no congelador. Após 12 horas, retire o pote e você vai notar que o azeite endureceu. Apesar do ponto desta manteiga ser mais baixo (ou seja, derrete mais rápido que a manteiga de vaca), ela é excelente para comer com pão quentinho. Ela derrete como manteiga e ainda pode ser usada no milho cozido. Esta é uma ótima dica e muito mais barata que as outras, além de mais saudável que margarina. Tente! É fantástico!

manteiga de coco

Gosta de tapioca no café? A manteiga de coco vai muito bem com ela e com a mandioca, alimento típico do café da tarde nordestino. Ao contrário do que se pensa, esta manteiga não é o óleo de coco que se vende nos supermercados. Na realidade, ela contém mais fibras e é menos purificada. Para fazê-la, bata o coco no liquidificador com água por longo período e coe a água com voal. O líquido é o leite de coco, que se pode usar no café da manhã. O resto do coco pode ser usado em massas ou receitas crudívoras e a gordura que prende no copo do liquidificador ou que sobe do leite é a manteiga de coco. A quantidade de gordura vai depender do coco, mas é possível obter mais, colocando o leite no congelador. A parte de cima é a gordura que pode ser usada como manteiga.

Dica: você pode bater esta gordura na batedeira com açúcar e obter um delicioso chantilly vegano.manteiga de amendoas

Assim como a castanha de caju, a manteiga de amêndoa é mais cara, mas é mais rica em fibras. Para fazê-la, basta bater as amêndoas no processador até que a consistência fique bem pastosa. Na Europa e EUA esta manteiga é vendida nos supermercados. Fica a dica para quem mora na região.

manteiga de avelã

Assim como todas as outras castanhas, esta manteiga se faz batendo as avelãs no processador por longo período até que se alcance consistência cremosa. Além de rica em proteína e gorduras, estas manteiga vai bem com o cacau em pó, gerando uma deliciosa Nutella vegana. Não é difícil de fazer e ainda é mais saudável e ética. Vale a pena!

manteiga castanha de caju

A manteiga de castanha de caju fica em sexto lugar por ser a mais cara de se fazer. Esta manteiga é rica em proteína e principalmente em gordura, mas não contém muitas fibras, em comparação com a manteiga de amendoim e de amêndoas. Para fazê-la, basta bater a castanha crua e sem sal no processador por um longo período, até que o conteúdo fique bem cremoso. Você pode adicionar sal e especiarias na manteiga para alterar o sabor.
manteiga de amendoim

Ficando em terceiro lugar, esta manteiga ganha das outras pela sua facilidade. Por conter alta quantidade de gorduras, o seu processamento é rápido e, batendo o amendoim torrado no processador, logo se consegue alcançar a consistência de manteiga. Esta manteiga é levemente adocicada e pode-se adicionar sal ou açúcar. Em alguns lugares do Brasil, é possível encontrar esta manteiga pronta para consumo.

Dica: misture a manteiga com cacau cru em pó e obtenha uma deliciosa pasta de chocolate.

Uma delícia, não são? Já estou ansiosa para fazer todas.

Fonte: Cultura Veg

E você pode enviar essas imagens para o seu perfil no Pinterest. É só clicar em cima do ícone do PIN nas imagens e salvar nos seus painéis de inspiração.

Carola Duarte nas redes sociais:

 Me siga no Instagram: @blogcaroladuarte
 Curta a Fan Page: /blogcaroladuarte
 Se inscreva no canal no Youtube: /blogcaroladuarte
 Twitter: caroladuarte
 Pinterest: caroladuarte
 Use as hastags: #projetosemmedodobiquini #blogcaroladuarte #dicadacarola

Gastronomia | Receita vegetariana | Quiche de Tofu

Gastronomia, Gastronomia Saudável, Receita Fit, Receita Light, Receitas Vegetarianas

Dia 02 de outubro completo 3 meses sem consumir carne de origem animal (vaca, porco, frango e peixe) e com essa mudança tenho aproveitado muito as receitinhas que encontro por ai! E sorte a minha que a Pugliesi está postando várias ideias de receitas. Olha esse Quiche de Tofu que ela postou.

RECEITA VEGETARIANA QUICHE DE TOFU

QUICHE DE TOFU

Massa:

2 xícaras de farinha de amêndoas ou outra oleaginosa

½ xícara de farinha de aveia

2 colheres de sopa de polvilho doce ou azedo

1 colher de sopa de azeite

Água quanto basta

Sal a gosto

Recheio:

500g de tofu firme, amassados

4 colheres de sopa de azeite

200g shitake

200g shimeji

1 xícara de alho poró

Queijo vegano (opcional)

Cebolinha a gosto

Tomilho a gosto

Salsinha a gosto

Modo de preparo:

Massa:

Misture os ingredientes secos e o azeite, vá adicionando água pouco a pouco até formar uma massa modelável, que não quebre e também não grude na mão. Coloque a massa em uma assadeira de fundo removível de cerca 10cm e molde seguindo o formato da forma. Assem em forno pré-aquecido a 200C por cerca 10 minutos, ou até ficar crocante.

Recheio:

1. Em uma frigideira com uma colher de sopa de azeite doure a cebola, adicione o alho poró e refogue até murchar.

2. Em uma frigideira com 2 colheres de sopa de azeite refogue os cogumelos.

3. Misture os cogumelos, a cebola, alho poró, ervas, sal, azeite e tofu amassado, refogue por cerca 4 minutos. Adicione o queijo vegano.

4. Coloque o recheio na massa assada, aperte bem. Asse novamente até que a massa fique crocante e levemente dourada.

E você pode enviar essas imagens para o seu perfil no Pinterest. É só clicar em cima do ícone do PIN nas imagens e salvar nos seus painéis de inspiração.

Carola Duarte nas redes sociais:

 Me siga no Instagram: @blogcaroladuarte
 Curta a Fan Page: /blogcaroladuarte
 Se inscreva no canal no Youtube: /blogcaroladuarte
 Twitter: caroladuarte
 Snapchat: caroladuarte
 Pinterest: caroladuarte
 Use as hastags: #projetosemmedodobiquini #blogcaroladuarte #dicadacarola
Blogueira oficial do IT BLOGGERS (www.itbloggers.com.br)

Gastronomia | Bolinho vegetariano

Gastronomia, Gastronomia Saudável, Receitas Vegetarianas

Hum que tal preparar uns bolinhos vegetarianos super gostosos e nutritivos? Segue a receitinha da semana para vocês.
receita-de-bolinho-vegetariano1
Ingredientes

  • 6 colheres (sopa) de grão-de-bico cozido, escorrido e processado
  • 1 colher (sopa) de óleo de coco
  • 5 colheres (sopa) de cenoura ralada
  • 1/2 unidade de cebola roxa
  • 1/2 dente de alho amassado
  • 1/3 talo de alho-poró batido (use um mixer ou liquidificador)
  • 1 unidade de ovo caipira orgânico
  • 7 colheres (sopa) de farinha de chufa
  • 3 colheres (sopa) de abobrinha ralada e escorrida
  • 1/2 xícara de farinha de rosca sem glúten
  • • sal rosa a gosto
  • • pimenta do reino moído a gosto
Modo de preparo

Em uma tigela, misture o grão-de-bico e o óleo de coco. Junte a cenoura, a cebola, o alho, o alho-poró, sal rosa e pimenta-do-reino.

Adicione o ovo e a farinha de chufa, misturando para incorporar. Acrescente a abobrinha.

Forme pequenas bolas com essa mistura. Passe uma a uma na farinha de rosca sem glúten.

Disponha-as em uma assadeira antiaderente e leve ao forno preaquecido a 180ºC por até 20 minutos – o bolinho deverá ficar crocante.

Sirva com geleia de pimenta (orgânica, de preferência).

Observação: A farinha de chufa pode ser encontrada em empórios e lojas de produtos naturais.

Fonte: M de Mulher

E você pode enviar essas imagens para o seu perfil no Pinterest. É só clicar em cima do ícone do PIN nas imagens e salvar nos seus painéis de inspiração.

Carola Duarte nas redes sociais:

 Me siga no Instagram: @blogcaroladuarte
 Curta a Fan Page: /blogcaroladuarte
 Se inscreva no canal no Youtube: /blogcaroladuarte
 Twitter: caroladuarte
 Snapchat: caroladuarte
 Pinterest: caroladuarte
 Use as hastags: #projetosemmedodobiquini #blogcaroladuarte #dicadacarola
Blogueira oficial do IT BLOGGERS (www.itbloggers.com.br)

Gastronomia: Risoto de beterraba com champignon de Paris e parmesão by Anahy Pádua

Gastronomia

Minhas leitoras queridas….me perdoem o sumiço! Vocês sabem que eu nunca deixo o blog desatualizado, mas infelizmente a dengue me pegou e estou super debilitada e de repouso. Hoje me sentindo um pouco mais disposta, mas ainda sofrendo com a coceira que a dengue dá. Por ironia, no meu caso, essa coceira atacou as palmas das mãos e elas estão até inchadas…mas vamos lá.

Como hoje é sexta feira, uma receita deliciosa da minha prima e chef, Anahy Pádua. Aproveitem!

receita-risoto-vegetariano-de-beterraba-chef-anahy-padua-blog-carola-duarte

Risoto de beterraba com champignon de Paris e parmesão

02 beterrabas grandes (cozidas)

água da beterraba (1/2 litro)

arroz arbóreo (100g ou 1 xícara de chá por pessoa)

azeite de oliva

01 cebola cortada em cubos

60ml de vinho branco seco

50g de parmesão fresco ralado e umas fatias para enfeitar

50g de champignon de Paris (cortados em fatias e previamente salteados no azeite, ou use os de conserva)

01 colher (sopa) de manteiga fria para finalizar

sal fino a gosto

pimenta do reino moída a gosto

Preparando o risoto: 
Cozinhe previamente as beterrabas (sem a casca) em 1/2 litro de água, reserve a água, que será o caldo do teu risoto. Corte as beterrabas em pedaços e reserve um pedaço para decorar o prato. Coloque os pedaços no liquidificador e bata até que vire um purê, reserve.
Regue com azeite de oliva, o fundo de uma panela de risoto (ou uma panela funda). Acrescente a cebola em cubos e deixe transparentar. Acrescente o arroz arbóreo, e frite em fogo brando, mexendo sempre, até que as pontinhas dos grãos de arroz estejam transparentes, de 2 a 3 minutos.
Está na hora de colocar o vinho, despeje o vinho, mexendo sem parar, até evaporar o álcool  Em seguida coloque metade do purê de beterrabas no arroz e misture bem, e quando secar um pouquinho, acrescente uma concha do caldo (água da beterraba), mexendo sem parar. Vá acrescentando as conchas do caldo aos poucos, sempre que o arroz estiver secando, intercalando com o purê de beterrabas. Após mais ou menos 8 conchas do caldo, você irá alcançar o ponto do risoto.
É hora de colocar os outros ingredientes, o parmesão ralado e os champignons fatiados. Misture, para que tudo de integre bem. Com uma colherzinha, prove o sabor do risoto, após ter colocado o parmesão, pois este queijo já é um pouco salgado, talvez não precise acrescentar sal, fica a teu critério. Tempere com a pimenta moída, desligue o fogo e finalize com a manteiga fria, misturando bem.
Montagem dos pratos:
Coloque uma porção do risoto, decore com cubinhos de beterraba, fatias de parmesão e uma erva fresca que tiver em casa, eu usei um raminho de hortelã.
Essa receita é vegetariana, mas se você quiser servir com carne a Anahy indica medalhões de filet temperados com sal, pimenta do reino, regado com azeite. E para acompanhar, a chef indica um vinho tinto italiano que é mais robusto.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Carola no Instagram

Nenhuma foto encontrada no momento...