Batatas assadas com cogumelo e queijo cremoso | Carolina Ferraz

Gastronomia

batatas_assadas_com_cogumelo_e_queijo |

Ingredientes:
250g de cogumelos paris, shitake e shimeji fatiados grosseiramente
3 colheres (sobremesa) de azeite
Sal
Pimenta-do-reino
1/4 xícara de salsa picada
4 dentes de alho esmagados
1kg de batatas pequenas cortadas em gomos grossos pré-cozidas
200g de queijo Taleggio
Sálvia

Modo de preparo:
Em uma frigideira salteie os cogumelos temperados com azeite, sal, pimenta, sálvia e alho, até dourarem por cerca de 15 minutos.

Coloque as batatas em uma assadeira, tempere com azeite, sal e pimenta. Tampe com papel alumínio. Leve na parte mais baixa do forno para que “tostem” rápido, por cerca de 40 minutos. Preste atenção para não queimar.

Retire as batatas do forno e na travessa refratária que for à mesa, misture com os cogumelos, confira o tempero e acrescente o queijo Taleggio por cima. Leve novamente ao forno para gratinar por dois ou três minutos. Repita o procedimento com o restante da massa mais três vezes.

Carola na Cozinha: risoto de abobrinha

Gastronomia

Quem me segue no Instagram (@blogcaroladuarte) acompanhou o Carola na Cozinha. Eu amo cozinhar meninas…principalmente a noite que não tenho pressa e posso me divertir na cozinha.

Eu sempre sigo alguma receita da Rita Lobo, criadora do super site Panelinha. O problema é que, as vezes, não tem todos os ingredientes para fazer a receita e aí eu abuso do improviso.

Para fazer esse Risoto de Abobrinha eu substitui o vinho branco por Chandon (tinha uma mini na geladeira) e o gorgonzola por mussarela. Gente ficou muito bom…o arroz eu também usei o normal porque não gosto do arbóreo.

O processo também não foi o de fazer risoto não…fiquei com preguiça de ficar colocando caldo de legumes. Então eu refoguei cebola, acrescentei a abobrinha e coloquei Chandon. Deixei cozinhar um pouco e coloquei o arroz, água e sal (mesmo processo de fazer arroz branco).

Quando estava pronto, acrescentei o tomatinho cereja e a mussarela em pedaços, que deixou o risoto mais cremosinho (uma delícia).

Para o peixe, eu usei dois filés de Saint Peter e temperei com sal, pimenta do reino moída na hora, azeite e Chandon. Tudo a olho, viu gente! Não uso medida não.

Fiz o peixe ao papilote, uma trouxinha de papel alumínio para ser cozido ao vapor (ótimo para não deixar a casa cheirando peixaria).

Ficou tudo muito bom…

carola-na-cozinha-risoto-de-abobrinha-blog-carola-duarte

carola-na-cozinha-risoto-de-abobrinha-blog-carola-duarte

Gastronomia: Arroz Verde à moda do Restaurante do Turvo

Gastronomia

Quem me acompanha pelo Instagram – @caroladuarte – sabe que eu estive almoçando no Restaurante do Turvo que fica pertinho de Escarpas e é parada obrigatória para quem gosta de peixe.

Bom eu não sou fã de nenhum peixe, mas o de lá não tem igual…suave, não tem aquele gosto forte…é muito bom mesmo!
Dessa vez eu comi uma Traíra recheada com catupiry e palmito. Mas o que mais agradou foi o arroz que vem acompanhando o peixe: arroz verde, que é feito com brócolis. #ficaadica para quem estiver passando por lá!
Eu fiz aqui em casa esse arroz com um salmão empanado (que ficou muito bom) e como eu exagerei na quantidade de brócolis, eu fiz uma entradinha também. Ficou tudo muito delicioso e fácil de fazer!
Arroz Verde: coloque no processador de alimentos as “árvores” de brócolis (parecem árvores, não é?) e triture até que fiquem pequenininhos e reserve. Faz o arroz normalmente colocando o brócolis junto com o arroz antes de colocar a água, assim eles cozinham juntos. Confira o sal e deixe lá bonitinho cozinhando.
Eu usei uma posta de salmão e empanei com farinha de rosca grossa. Não usei muito óleo, por isso ficou bem sequinho. E como eu exagerei na quantidade de brócolis para o arroz, o que sobrou eu fiz uma entradinha misturando o brócolis com um molho branco bem gostoso.
A receita do molho branco eu peguei na internet.
Ficou uma delícia meninas…o marido super aprovou o rango!
Gente não levem em consideração a escrita da receita…eu não sou nenhuma Rita Lobo….hihihihihi

Salmão grelhado ao molho de manga e alcaparras da chef Anahy Pádua

Gastronomia

Salmão grelhado ao molho de manga e alcaparras

  .: 03 a 04 filets de salmão (de preferência limpos sem a pele, eu comprei com a pele e tive que retirá-la e limpar bem)
  .: sal
  .: pimenta do reino moída a gosto
  .: azeite de oliva

 Preparando o salmão grelhado: com um pincel de uso culinário, pincele com azeite de oliva os dois lados dos filets de salmão, tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Aqueça uma grelha ou frigideira antiaderente, e grelhe os filets de salmão dos dois lados. 

  Molho de manga:

 .: 01 manga haden ou tomy cortada em cubos
 .: 01 xícara (café) de leite
 .: a medida de 1/2 copo americano de creme de leite fresco
 .: 02 pitadas de sal
 .: 02 colheres (chá) de açúcar
 .: 1/2 colher (café) de pimenta do reino moída 

 .: alcaparras (usar quando terminar o prato)
 Preparando o molho de manga: coloque todos os ingredientes em uma panela (exceto as alcaparras) e cozinhe por alguns minutos em fogo baixo, até que os cubos de manga fiquem macios. Com uma colher, prove o sal e o açúcar. O molho deve ficar mais docinho que salgado.  Bata no copo do mixer ou do liquidificador todo o conteúdo do molho (que está na panela), passe por uma peneira (se achar necessário) e sirva sobre os filets de salmão grelhados, decorando com algumas alcaparras por cima. Sugestão de acompanhamento, puré de batatas, mas você pode servir com um arroz colorido e saladas, fica a teu critério. 

Gastronomia: Receita fácil

Gastronomia

A receita de hoje não é nenhuma alta gastronomia, mas com certeza agrada todos os tipos de paladar.
Anota ai!

Receitas.com

Pão Bauru

  • 300g Queijo Mussarela
  • 300g Presunto
  • 2 tomates tipo italiano
  • 2 pacotes de queijo parmesão ralado
  • 2 xícaras de leite
  • 1 ovo
  • 1 pacote de pão de forma
  • Tempero a gosto
  •  
    Modo de preparo
     
    No liquidificador bata o ovo, queijo parmesão ralado e o leite ( não precisa de sal porque o queijo já é bem salgado). Em um refratário distribua o pão e regue com um pouco da mistura do liquidificador. Vá alternando presunto, queijo e tomate, se desejar um pouco de oregâno. Vá alternando até acabar o pão. A última camada tem que ser de pão. Regue com o restante da mistura do liquidificador. Leve ao forno pré aquecido a 200ºC por 40 minutos ou até dourar. Sirva quente
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

    Carola no Instagram

    Nenhuma foto encontrada no momento...